A Catequese Familiar na perspetiva de uma mãe

A Catequese Familiar na perspetiva de uma mãe

Um dia…a caminho de casa “tropecei” com o cartaz da catequese familiar… Não sabia bem como seria, mas como procurava uma alternativa ao modelo habitual, decidi aceitar o desafio.

Comecei a frequentar esta catequese, cheia de receio de não estar à altura de acompanhar o Rodrigo nesta nova caminhada… Depois percebi que tinha que ajudar o Rodrigo em algumas lições do seu catecismo… inicialmente fiquei sem saber como. Mas, depois as conversas foram surgindo com naturalidade e hoje percebo que tal como em outras aprendizagens, o caminho faz-se andando.

Também percebi que só uma criança nos reporta de novo à realidade de como acreditar de coração aberto e com o meu filho reaprendi algumas coisas como “Mãe … as pessoas que gostamos muito e morrem vão para o céu…e o céu é um lugar seguro…”

Quanto a dúvidas, tenho muitas, mas na paróquia encontrei quem me ajudasse a aproximar-me da comunhão de Deus… Ainda que a dar os primeiros passos percebo que acompanhar o meu filho na fé, faz todo sentido…dado que com ele estou a crescer e a vivenciar a linda mensagem de Amor que Jesus Cristo nos deixou.

Celínia Antunes

Deixar uma resposta