Em dezembro, rezemos pelos catequistas

Em dezembro, rezemos pelos catequistas

Continuamos a nossa saga de homenagear e apresentar os catequistas da paróquia de São João Baptista e, agora, também de São José.
Todos os meses o Papa faz conhecer uma intenção de oração, naquilo que é vulgarmente conhecido como “O vídeo do Papa” – durante o mês de Dezembro de 2021, o Papa convida-nos a rezar pelos catequistas: «#RezemosJuntos pelos catequistas, chamados a anunciar a Palavra de Deus, para que a testemunhem com coragem e criatividade na força do Espírito Santo. #IntençãodeOração», escreveu o Papa na sua conta do Twitter.

 

A catequista Marta Neves, SJBaptista
Um dia ouvi a Marta Neves na Paróquia, numa reunião geral, e simpatizei com o modo claro e objetivo com que expôs as suas ideias e com que falou do seu envolvimento com os mais fracos e marginalizados da sociedade. Há 4 anos, fui convidada para dar catequese aos meninos do 1º Ano e trabalhar com ela na catequese familiar (a Marta fica com os pais).
Abraço esta aventura por me sentir profundamente apoiada nos dons que a Marta tem para trabalhar em equipa, facilitando-me a descoberta de qualidades e tornando acessível o que eu tenho tendência a complicar. Está sempre disponível para me ouvir e ajudar a nível pessoal e é mega organizada! Obrigada, Marta, por descomplicares a catequese e a vida, pelo teu testemunho no propósito de viver o Evangelho de Jesus Cristo dia a dia, pela tua amizade e sentido de humor…

Carla Ribeiro

A catequista Madalena, SJBaptista
A Madalena é, em toda a sua essência, catequista. Quem a conhece bem sabe que ela faz da sua vida uma doação, uma entrega, e que coloca o amor a Deus, à Igreja, às crianças e às suas famílias em primeiro lugar. Tudo isto porque encara a sua vida como uma missão – evangelizar.
Enquanto catequista / evangelizadora ela junta, ao que ensina, o modo como vive. Pelo modo exterior como vive, todos os meninos / adolescentes percebem que nela habita Jesus, e podem assim mais facilmente chegar a Ele.
A Madalena, tal como nos diz o Papa Francisco, “não com timidez ou com barulho, mas sim com a sua vida e com mansidão” vai transmitindo aos meninos / adolescentes a Palavra de Deus. Nela vê-se, com muita clareza, que o que a norteia não é uma vontade humana. A Madalena ensina o amor praticando-o, encara o ser catequista como algo que lhe foi confiado por Deus, vê as crianças não como um todo, mas cada uma de modo particular, com todas as suas diversidades, características e especificidades individuais, procurando ser o rosto de Jesus para cada criança / adolescente.
Para mim tem sido um privilégio e muito, muito enriquecedor trabalhar com ela.

Maria Victória

O catequista Diogo Seguro, SJBaptista
O catequista Diogo é muito cuidadoso e empenhado e mostra-se, sempre, muito interessado em tudo o que está relacionado com a catequese e os temas trabalhados nos encontros com as crianças. É uma pessoa responsável e demonstra sentido crítico, relativamente às perguntas feitas pelos catequizandos, tentando responder a cada uma e fundamentar as suas respostas, dando exemplos, quando necessário.
O Diogo procura, também, manter cada catequese e cada texto que é apresentado o mais simples possível, para que todos possam compreender o que é abordado.
Acima de tudo, é um bom catequista e demonstra bastante carinho para com todos na sala da catequese.

Joana Ferreira

A catequista Rita Farinha, SJBaptista
A Rita Farinha é uma das catequistas mais novas da Paróquia. Tem 17 anos e é uma menina genuína e simples. Uma miúda da sua idade que quer ser simplesmente isso. Está bastante ligada à Paróquia. Toca e canta (muito bem!!) no coro da missa das 11h e começou o ano passado a dar catequese a um grupo do 1°ano, assim que foi crismada.
Gosto mesmo da Ritinha, toda a gente da Paróquia gosta mesmo dela. É uma querida e o seu olhar doce não passa despercebido.
Não tenho dúvidas de que os seus meninos da catequese têm uma verdadeira catequista, que não tem de fingir para falar de Deus, fá-lo com uma imensa simplicidade.

Isabel Caetano

A catequista Carla Ribeiro, SJBaptista
A Carla é catequista.
Vive de tal forma a Fé em Deus, que vive intensamente e com alegria cada momento de vida. É muito bonito ver o entusiasmo das crianças na entrada para a catequese, ver como lhes brilham os olhos quando encontram a Carla na missa ou quando ela as surpreende ao lembrar-se do que é importante para elas. A Carla é uma pessoa que arrisca dizer sim aos desafios que o Espírito Santo lhe apresenta, e gosta de se dar por completo em cada missão que acolhe.
Com ela conhecemos mais sobre Jesus Cristo e aprendemos a humildade, a graciosidade, a empatia e a verdadeira escuta.

Marta Neves

A catequista Catarina (Cati), SJBaptista
Cati é sinónimo de Sim, é possível!
Sim, é possível ser catequista e fazer-se um curso de medicina!
Sim, é possível ser catequista e sair com os amigos!
Sim, é possível ser catequista e ser escuteira!
Sim, é possível ser catequista e participar em atividades com a família!
Sim, é possível ser catequista e pertencer a um coro!
Sim, é possível, ser catequista e animar um grupo de jovens!
Sim, é possível ser catequista e ….
Quando vejo a Catarina, a imagem que me vem à cabeça é a da visita do Anjo Gabriel a Maria e a resposta é SIM!
Deo gratias pela Catarina!

Isolina

As catequistas Adriana Macedo e Gabriela Nunes, SJosé
Porque Deus é amor e a catequese é um dos muitos sinais visíveis desse maravilhoso sentimento selado pela Aliança que Ele fez connosco, apresento-vos as catequistas Adriana Simões e Gabriela Nunes. As minhas parceiras na preparação semanal dos encontros de catequese do 5º ano.


A Adriana, mãe dedica e paroquiana empenhada, tem um dom especial para a oração e cabe-lhe, em todos os encontros, a respetiva condução. A Gabriela é a doçura em pessoa. Conheço-a há mais tempo. Sei da sua dedicação à paróquia e da sua inegável superação diária. Ambas põem ao serviço da nossa missão os seus dons. Obrigada pelo tanto que nos dão!

Catequista Sofia

A catequista Natália Costa, SJosé
A Natália é uma verdadeira discípula-missionária, com grande amor à Igreja. É muito alegre, responsável, criativa e com uma grande capacidade de trabalho. E muito disponível.
Além de uma leiga dedicada e empenhada, é economista e parece saber gerir bem os dinheiros das organizações. Até as organizações da Igreja, como é o caso do Centro Social de São José.
Como ainda é jovem, podemos, certamente, contar com ela durante muitos anos, para gaudio da nossa Unidade Pastoral!

Jorge Cotovio

A catequista Vera Martins, SJosé
A Vera Martins é uma pessoa muito calma, disponível e gosta de novos desafios.
A Vera, nos anos de 2005/2006, quando ainda estudava, foi catequista em S.José, mas com a vida a progredir e as responsabilidades a crescer o tempo nem sempre nos ajuda a organizar a vida em prol do que mais gostamos.
Contudo, quando o nosso Gonçalo, filho da Vera, iniciou a catequese em 2020 no 1º ano, a nossa Vera frequentava a catequese familiar e assim surgiu o convite na nossa amiga Natália para ser catequista, e com o seu espírito desafiante, de carinho para com as crianças, de serviço ao Senhor e à nossa comunidade paroquial, aceitou, e com dedicação desenvolve a tarefa com todo o amor. Gostamos muito da Vera.
Obrigada Vera por aceitares também o desafio de ser tua adjunta.

Ana Gonçalves

A catequista Ana Gonçalves, SJosé
A Ana Gonçalves é uma jovem habituada a lidar com crianças e já com experiência nesta bela aventura educativa da Fé, a de ensinar as crianças a conhecer e amar cada vez mais o Senhor – construir a Igreja.
Discreta, simpática, dinâmica e criativa, sempre disponível a participar nas diferentes atividades da catequese. Apaixonada por partilhar o seu testemunho de Fé na realidade da vida quotidiana, voluntariou-se para catequista adjunta, integrando o grupo das catequistas das crianças do 2.º ano, na Paróquia de S. José.
Demos Graças ao Senhor por termos connosco a Ana, disposta a anunciar a Palavra de Deus no cumprimento desta missão evangelizadora da Igreja, na educação das nossas crianças.

Carla Dinis

 

A catequista São, SJosé
Conheci a catequista São no Alpha de São José e foi empatia à primeira vista.
É uma pessoa afável, simpática e que cativa todas as crianças com o seu sorriso.
Faz parte do coro da missa das 19h de Domingo e aceitou também ser catequista do 1ºano.
É uma bênção ter recebido a São na catequese de São José e também na minha vida.

Ana Sofia Gomes

A catequista Gracinda Pereira, SJosé
A Gracinda é a imagem de alguém que é da nossa família, acolhe-nos como sendo da sua família. É carinhosa, adora as crianças, sempre que vê uma a ir em direção à sala vê-se a sua alegria e o brilho nos seus olhos. É um gosto ter a Gracinda a ajudar-me e tê-la na minha vida!

Carina Mendes

 

 

 

A catequista Carina Mendes, SJosé
Conheço a Carina Mendes desde o início deste ano de catequese, e é fácil perceber que ela é muito simpática, meiga e carinhosa para as crianças e pais, e está sempre disponível para ajudar.
Com a graça do Espírito Santo, ofereceu-se para esta missão de ser catequista e com um grande sentido de serviço e de evangelização, é catequista do primeiro e segundo anos de catequese, e faz parte também da equipa de coordenação da Catequese de Infância. Atualmente frequenta o Alpha de São José.
Que o Senhor a acompanhe nesta missão evangelizadora e de transmissão do Evangelho.

Gracinda Pereira

Deixar uma resposta