Celebrações no exterior em SJBaptista

Celebrações no exterior em SJBaptista

Se calhar, no Domingo passado foi a despedida das nossas celebrações campais: outubro costuma ser chuvoso e, em novembro, ainda que não chova, já deverá estar muito frio.

Visto que as previsões meteorológicas preveem chuva já para o próximo fim de semana, em princípio no próximo domingo voltamos àquilo que já vinha sendo habitual no ano passado: agora que a lotação da igreja será incrementada de acordo com as novas regras COVID em vigor – mas ainda muito longe dos quase 300 na temporada pré-COVID, voltaremos a colocar a televisão na parte lateral da igreja para quem não couber ou preferir ficar no exterior. Em dias de chuva e caso a igreja lote, transmitiremos – como já fazíamos no passado – na sala da catequese (digo bem, sala, por de duas fizemos uma por causa da pandemia).

Foi bom enquanto durou e, quanto mais não seja, deixará muito boas recordações na nossa comunidade paroquial.

Quem esquecerá o dia em que em plena eucaristia o toldo se rasgou de ponta a ponta? Ou a manhã de Domingo em que a ventania tinha arrancado praticamente todas as estacas e rebentado com as espias? E as longas horas em que ficávamos a conversar no final da eucaristia, à sombrinha? Quem esquecerá o belo jardim que as senhoras improvisaram para embelezar a ribanceira? Também não haveremos de esquecer as celebrações alumiadas por automóveis estrategicamente colocados… Haveremos de ter saudades… quanto ao futuro, será com certeza o que Deus quiser que seja, assim nós estejamos dispostos a fazer a sua vontade.

Dito isto, é da mais elementar justiça uma palavra pública de gratidão à Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais que gentilmente nos cedeu o estrado que ao longo de todo este tempo tão bem dignificou o espaço envolvente do altar: obrigados e o nosso bem-haja!

Deixar uma resposta