Pe Jorge entrega Cartas de Missão

Pe Jorge entrega Cartas de Missão

Começamos no passado Domingo, na pessoa do nosso pároco – o Pe Jorge Santos – a entregar cartas de missão nas quais se procura reconhecer o trabalho que tantos e tantos irmãos vão dedicando ao Senhor através das nossas paróquias.

Foi, como poderá calcular, um momento muito emocionante com muitas palmas de reconhecimento e de amizade e até bastantes lágrimas…

Partilhamo-las aqui, uma vez que foram lidas publicamente. Para já, são cinco. Com a enorme quantidade de irmãos que graças a Deus se dedicam de alma e coração ao serviço da paróquia, a coisa parece estar para durar…

Jacira Ascensão
Jacira, os teus irmãos da comunidade reconhecem em ti o dom de compaixão e do serviço zeloso pelos pobres. Confiamos-te, pois juntamente com outros irmãos o cuidado de dar novo incremento à Caritas Paroquial chamando outros irmãos para este serviço de amor aos mais pobres e organizando-o. Não vos esqueçais das pessoas isoladas e sós, dos doentes e daqueles a quem falta o básico para viver. Não estejais à espera que eles venham ter connosco, mas procurai estar em saída e ir vós ao seu encontro levando-lhes esperança, coragem e ajuda. O serviço dos pobres é uma responsabilidade de toda a comunidade e vós fazei-lo em nome de todos, por isso contai connosco quando tiverdes necessidades especiais.

Agradecemos também o teu zelo pelos espaços envolventes da nossa pobre Igreja mas que cuidas tão bem para termos sempre flores e um jardim cuidado. Que Deus te dê a alegria no seu santo serviço e que um dia, sentada à mesa do reino Ele passe junto de ti para te servir como Ele prometeu.

Ana Dioniz
O Senhor passou um dia pela tua vida e salvou-te, enchendo-te de luz e de vida. Os teus irmãos reconhecem em ti o dom do louvor agradecido a Deus, o dom da adoração, da compaixão e evangelização. Além disso Deus tem-te dado um dom de encorajamento de muitos irmãos na comunidade.

Confiamos-te o cuidado pelo grupo de oração participando ativamente na equipa animadora para que esse grupo seja escola de oração e de louvor onde se experimente o eterno amor de Deus e a descoberta dos carismas. Confiamos-te ainda a liderança de uma célula paroquial de evangelização para ajudares os seus membros a crescerem como discípulos do Senhor. E que Deus esteja contigo e te continue a cumular dos seus dons.

Ana Faustino
Os irmãos da Comunidade reconhecem que o Senhor te deu um dom artístico para ornamentares a sua Casa e o altar onde se celebra o Santo sacrifício da missa. Os teus irmãos ficam tocados pela beleza dos arranjos que estão sempre de acordo com a Liturgia que se celebra em cada Domingo. Cremos que os arranjos florais litúrgicos são uma arte que ajuda a entrar no mistério celebrado e a ficar com uma imagem gravada na alma. Agradecemos a Deus os talentos que te deu para este serviço litúrgico e confiamos-te a Missão de formar um pequeno grupo de pessoas que queira aprender contigo algumas bases deste serviço. Desejamos que deste grupo saia gente formada para ensinar outros e que um dia se possam fazer aqui cursos para o exterior da paróquia sobre arranjos florais litúrgicos. Esta é a principal Missão que te confiamos na paróquia e te pedimos que a abraces com fé e entusiasmo. Sê uma jardineira do REI. E que Deus esteja contigo.

Manuela Afonso
O Senhor deu-te um dom de serviço aos irmãos no acolhimento da secretaria que fazes tão bem e com tanta dedicação. Aberta ao sopro do Espírito, Ele te tem dado sempre inspirações de coisas novas a propor à paróquia: Impulsionaste o grupo sócio-caritativo, fundaste o atellier do tempo e do saber e, com outras irmãs abriste a loja no Atrium solum que é uma presença evangelizadora da paróquia. Com isso, ainda arranjais recursos financeiros para a construção do Centro Pastoral. Podíamos falar ainda do almoço anual e da gala no convento de S. Francisco. Além disso, o teu desejo de ficares na sombra revela bem o sentido evangélico com que fazes as coisas. A Comunidade está-te muito grata bem como a todos os irmãos que trabalham contigo.

A nossa carta de missão não te dá um serviço novo mas pretende dar força ao que já fazes tão bem e pedir-te que continue aberta às inspirações divinas propondo sempre meios novos para ajudar as pessoas, e a paróquia. Que Deus te dê a alegria no seu santo serviço.

António Relvão
António Relvão, o Senhor deu-te o dom de uma fé viva no seu poder e fez-te saborear o seu eterno amor. Desde que te conheço vi sempre em ti um homem de uma fé pura, de um grande amor à Igreja e de uma humildade ao jeito de Jesus. Nunca regateaste o teu tempo para servires a Igreja e puseste à sua disposição todo o teu saber. Na comissão para a construção do Centro Pastoral tens sido uma ajuda inestimável com os teus conhecimentos técnicos de engenharia civil e de experiência acumulada de tantos anos nesta área. Serviste no percurso Alpha e depois nas células e em tudo pões a mesma paixão pelo anúncio do Reino.

Queremos agradecer a Deus o dom do teu testemunho de homem de fé e de amor à Igreja e pedir-te que não te canses de continuar a testemunhar o seu amor e a chamar outros para conhecerem a Cristo mesmo quando às vezes não temos sucesso na resposta. Deus fará com que todos os teus esforços sejam muito fecundos na hora que Ele quiser.

Que Ele te encha sempre da alegria do seu Espírito.

Deixar uma resposta