Arquivo da categoria Eventos

1º Almoço Take Away SOLIDÁRIO

Em vez do 5º e Tradicional Jantar de Gala, a Pandemia obriga ao 1º Almoço de Gala Take Away: Refeição com o mesmo espírito, com pontapé no Covid19 e cada família a comer em sua casa, servido, como é tradição, pelo Restaurante Qta. de São Luíz em Pereira
As doses pedidas serão distribuídas no final da missa das 11h. Cada dose terá:

  • Entradas (fantásticas)
  • Sopa (deliciosa)
  • Prato Principal (o único trabalho que terá será abrir o saco):
    • Bacalhau em crosta de broa perfumado com bacon, batata vulcão e verduras
    • ou
    • Dueto de porco e vaca, molho parmesão, arroz primavera, salada colorida);
  • Sobremesa (uma das melhores que já provou)

Na inscrição deve ser indicado o número de doses e o Prato Principal escolhido.
Haverá uma comunicação do Pe. Jorge via Zoom para quem quiser participar
20€ cada dose

Inscrições:

Percurso para casais Ela&Ele

Deverá arrancar este sábado, dia 14 de março, este percurso destinado a casais, qualquer que seja a sua situação perante a Igreja.

Em poucas palavras, trata-se de um percurso em “oito jantares românticos”, em que cada casal começa uma refeição a dois à luz das velas, passando depois por uma apresentação temática intervalada por tempos de diálogo em casal, porque não há discussões em grupo.

No final de cada sessão, são propostos exercícios em casal para casa.

Embora seja um percurso promovido pela equipa de pastoral familiar da Paróquia de S. João Baptista, o tema da religião não é propriamente abordado, pelo que é aberto a casais não cristãos.

O preço por casal e por sessão costuma ser de 12€ e há serviço de babysitting.

As sessões decorrem ao sábado à noite, a partir das 20.00 horas.

Sessão 1: Estabelecer bases sólidas
Sessão 2: A arte da comunicação
Sessão 3: A resolução dos conflitos
Sessão 4: O poder do perdão
Sessão 5: Pais e sogros
Sessão 6: Uma sexualidade verdadeira
Sessão 7: O amor em ação
Sessão final: Convívio e balanço

Saiba mais no folheto: https://tinyurl.com/rgndhug

Comissão de Festas do SJoão prepara a festa

Ainda estamos a 4 meses da festa do padroeiro S. João Baptista mas há uma equipa que já vai na terceira reunião de preparação do evento que em Junho atrairá, se o clima assim o permitir, vários milhares de convivas para a tradicional sardinha e febra.

Jantar Bíblico com Chefe Luís Lavrador

Está a ser programado para dia 24 de Abril, uma sexta-feira, um jantar de sabores e ementas bíblicas preparado pelo Chefe Luís Lavrador, o cozinheiro da Seleção Nacional de Futebol. Será um jantar limitado a 60 comensais organizado em parceria com a Pastoral Familiar da Paróquia de SJBaptista, a Comissão de Eventos para a construção do Centro Comunitário de SJBaptista e a Escola de Hotelaria de Coimbra. As inscrições já estão abertas na secretaria de SJBaptista: 35€ / pessoa

Percurso para Casais – 8 jantares românticos – Ela&Ele

Com base na pedagogia dos Percursos Alpha, o percurso para casais (também conhecido como Ela & Ele) visa ajudar os casais a “construir uma relação duradoura”.

Em poucas palavras, trata-se de um percurso em “oito jantares românticos”, em que cada casal começa uma refeição a dois à luz das velas, passando depois por uma apresentação temática intervalada por tempos de diálogo em casal, porque não há discussões em grupo. No final de cada sessão, são propostos exercícios em casal para casa.

Embora seja um percurso promovido pela equipa de pastoral familiar da Paróquia de S. João Baptista, o tema da religião não é propriamente abordado, pelo que é aberto a casais não cristãos.

O preço por casal e por sessão costuma ser de 12€ e há serviço de babysitting.

As sessões decorrem ao sábado à noite, com início a 14 de março, a partir das 20.00 horas.

Saiba mais no folheto: https://tinyurl.com/rgndhug

E-novar20 – “Unir para Construir”

O Enovar decorreu, como fomos aqui noticiando, nos passados dias 7 e 8 de Fevereiro no Estoril e contou com intervenções de personalidades bastante conhecidas, como o nosso Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente, o selecionador nacional Fernando Santos, o internacionalmente conhecido Pe James Mallon, a nossa paroquiana Sílvia Monteiro, entre muitos outros.

Pedimos a alguns dos nossos paroquianos que lá estiveram que nos contassem como foi, isto é, em que é que o que lá foi dito e que lá experimentaram os tocou.

Reunir para construir, mas sempre a partir do Pai

Logo no primeiro dia, numa das primeiras intervenções, James Mallon, Padre Canadiano, em jeito de quem faz a radiografia da Igreja dos nossos dias, salienta a necessidade de renovação das paróquias, depois de ter afirmado que “somos consumidores de religião” e que fazemos com a fé uma espécie de transacção. Como quem coloca o dedo na ferida, diz que nos questionamos sobre “o que é que eu preciso de fazer para ir para o céu? Qual a parte da missa a que eu posso faltar?” Conclui, enfim, que vivemos uma relação minimalista com a Igreja.

A radiografia é dura de se ouvir, porque talvez aquela “carapuça” me sirva. Por isso, e depois de o Padre James Mallon ter disparado o alarme, foi chegado o momento de eu me perguntar, efectivamente, qual é a análise que eu faço da minha vida como cristã e o que é que eu quero da Igreja. Esta reflexão merece mesmo ser feita e não pode, nem deve, ser feita “em cima do joelho”.

No segundo dia, rendi me uma vez mais às palavras do nosso seleccionador de futebol, Fernando Santos. Com o seu jeito calmo, a sua fala fácil, conversou e deixou nos de alma cheia. Ressalto três ou quatro ideias, não só porque elas me tocaram, como também porque poderão ser o mote para a reflexão que me auto propus logo depois de ter ouvido o Padre James Mallon: “que o eu desapareça e possa dar lugar a um nós”; “Eu acredito em Cristo e sigo O”; “A proposta de Jesus é simples: eu não vim alterar a lei. Eu vim dar amor à lei”. Com estas ideias colocadas em destaque, parece fácil renovarmo-nos e trabalharmos para alterar a nossa mentalidade e assim contribuir para a renovação da nossa Igreja. Fernando Santos fecha com chave de ouro: “Não podemos ficar com isto só para nós. Os Apóstolos conheciam se pela alegria que transmitiam aos outros”.

Não era bom que nos deixássemos tocar por todas estas ideia? Claro que sim, penso eu, pensamento que se reforça quando o nosso Patriarca, lúcido e sóbrio como só ele, começa por nos dizer “Igreja quer dizer convocação. Reunião. A Assembleia que acontece há dois mil anos”, mas tenhamos presente, ainda de acordo com D. Manuel Clemente, que “é preciso reunir para construir (…), mas sempre a partir do Pai”.

Alexandra Vilela
Paróquia de São José

Em vez de remar contra a maré, devemos estar atentos à onda

“Unir para construir” foi o título do Enovar 2020 que juntou pessoas de todo o país na reflexão sobre propostas para tornar ainda mais vivas as comunidades em quem estamos inseridos.

“Em vez de remar contra a maré, devemos estar atentos à onda”. Esta ideia do Pe. Jorge Santos, associada à imagem de um surfista, sintetiza muito do que se disse durante o Enovar. O desafio a dar mais espaço aos sinais que nos chamam à abertura e a sair do conforto das nossas seguranças, do que às certezas das ideias pré-concebidas que podem travar a nossa generosidade.

“Têm que deixar de estar à espera que os jovens sejam perfeitos”. O desafio foi lançado por Pascaline St. George, uma jovem francesa que tem estado envolvida no trabalho que se seguiu ao Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens. O convite a apostar nos jovens, confiando-lhes um papel ativo na vida das comunidades, mesmo com o risco de que nem tudo possa acontecer como gostaríamos, foi um dos momentos altamente interpeladores do Enovar.

“Um cristão não praticante é como um ciclista não pedalante. Não percebo isso”. A frase é de Fernando Santos, o selecionador nacional de futebol, que falou da forma como o ser cristão informa toda a sua vida. Um testemunho que fez soar bem forte o chamamento a colocar Deus no centro de qualquer âmbito da nossa vida.

Nelson Mateus

Comissão de Festas do S. João

A comissão de festas da paróquia de SJBaptista reuniu na passada quinta-feira pela primeira vez esta temporada para começar a preparar as festas do seu padroeiro, que decorrerão em Junho.

As festas populares de S. João Baptista em Coimbra têm vindo a ganhar relevância na cidade e nos últimos anos têm crescido exponencialmente, com vários milhares de visitantes e comensais.

Para a paróquia são um evento muito importante no seu calendário pastoral: tratando-se de uma comunidade relativamente recente, a mais nova da cidade, é uma oportunidade de excelência para atrair pessoas ao nosso espaço, sobretudo aquelas que habitam na Quinta da Portela e no Vale das Flores.

São ainda uma oportunidade por excelência de construir a consolidar comunidade: contamos em cada ano com muito para cima de uma centena de voluntários que preparam antecipadamente todos os detalhes da festividade, desde os grelhadores à cozinha, do bar à limpeza das mesas, do acolhimento e divulgação da vida pastoral da comunidade ao serviço de senhas e caixa, das compras à decoração e montagem do espaço, etc etc. E quando tanta gente, frequentemente num clima de oração, serve em conjunto, a comunidade não pode senão crescer. E os que nos visitam questionam-se: «Já estive em muitas festas mas nesta há qualquer coisa de diferente…»

Depois é também uma oportunidade de amealhar mais uns tostões para a conta da construção do Centro Comunitário que, com a Graça de Deus, nessa altura já deverá ou estar em construção ou prestes a arrancar.

Por agora é tempo de ir arregaçando as mangas e respirar fundo para o fôlego não vir a faltar.

Gala Solidária – Sala cheia

Obrigado a todos por uma grande noite: um encontro de família e de amigos. Como não nos encantarmos com tanta e tanta gente que teima em abraçar e acarinhar a ideia do Centro Comunitário da nossa comunidade paroquial de SJBaptista? A todos, a nossa gratidão! Em especial ao Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra, ao André Sardet, ao Fado ao Centro, ao António Silva Music e aos nossos grandes amigos, já de longa data, o Coimbra Gospel Choir.

Não podemos deixar de dizer que não passou despercebida a presença do Ruben Cunha, do Coimbra Gospel Choir e que, como muitos sabem, fez em SJBaptista o percurso Alpha e agora está no Seminário no Porto, a discernir e a preparar-se para o sacerdócio, e que está sempre nas nossas orações e nos nossos corações.

Entretanto, na semana passada, o Pe Jorge e alguns membros da Comissão para a Construção e Conselho Económico estiveram reunidos com os arquitetos que por estes dias (o prazo termina a 15 de Fevereiro) deverão entregar o projeto das especialidades e nos deixarão aptos para começar a pedir orçamentos: a primeira pedra do Centro Comunitário deverá estar para breve!

E+NOVAR 20

Na nossa Unidade Pastoral continuamos a insistir para que os irmãos, sobretudo aqueles que assumem algum serviço ou responsabilidade em alguma das paróquias, e são muitas centenas, se possam inscrever no Enovar que decorrerá no Estoril a 7 e 8 de Fevereiro com convidados de peso que se vão conhecendo pouco a pouco, à medida que a sua presença vai sendo confirmada:

Pe. Jorge Silva Santos (o nosso pároco, membro da Comunidade Emanuel, fundador das Células Paroquiais de Evangelização e Diretor Nacional do Alpha Portugal)

Pe. James Mallon – Renovação Divina (Canadiano, vigário Episcopal para a Renovação Paroquial e de apoio à liderança na Arquidiocese de Halifax-Yarmouth, na Nova Escócia – Canadá. É ainda autor do Best seller “Renovação Divina – de uma paróquia de manutenção a uma paróquia missionária”, um guia para as paróquias doentes por forma a cultivarem uma vibrante e dinâmica cultura de fé, centrada na comunidade e no discipulado missionário.)

D. Manuel Clemente – Cardeal-Patriarca, que dispensa mais apresentações.

Fernando Santos – Seleccionador Nacional (Fernando Santos Iniciou a sua carreira de futebolista no Sport Lisboa e Benfica e, por entre um longo percurso, tortou-se em 2014 Selecionador Nacional de Futebol)

Paulo Barradas, CEO da Bluepharma e, entre outros, presidente do Núcleo da Região de Coimbra da ACEGE.

Sílvia Monteiro, para além pertencer à Paróquia de SJosé é cardiologista na Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos dos CHUC.

Entre muitos outros…

Inscreva-se.

Comissão de Festas do S. João

A comissão de festas da paróquia de SJBaptista reuniu na passada quinta-feira pela primeira vez para começar a preparar as festas do seu padroeiro, que decorrerão em Junho.

As festas populares de S. João Baptista em Coimbra têm vindo a ganhar relevância na cidade e nos últimos anos têm crescido exponencialmente, com vários milhares de visitantes e comensais.

Para a paróquia são um evento muito importante no seu calendário pastoral.

Tratando-se de uma comunidade relativamente recente, a mais nova da cidade, trata-se de uma oportunidade de excelência para atrair pessoas ao nosso espaço, sobretudo aquelas que habitam na Quinta da Portela e no Vale das Flores.

São uma oportunidade por excelência de construir comunidade: contamos em cada ano com muito para cima de uma centena de voluntários que preparam antecipadamente todos os detalhes da festividade, desde os grelhadores à cozinha, do bar à limpeza das mesas, do acolhimento e divulgação da vida pastoral da comunidade ao serviço de senhas e caixa, das compras à decoração e montagem do espaço, etc , etc. Quando tanta gente, frequentemente num clima de oração, serve em conjunto, a comunidade não pode senão crescer. E os que nos visitam questionam-se: «Já estive em muitas festas mas aqui há qualquer coisa de diferente…»

Depois é também uma oportunidade de amealhar mais uns tostões para a conta da construção do Centro Comunitário que, com a Graça de Deus, nessa altura já deverá ou estar em construção ou prestes a arrancar.

Por agora é tempo de ir arregaçando as mangas e respirar fundo para o fôlego não vir a faltar.