Arquivo da categoria Nova Igreja e Centro Comunitário

Passeio com Comédia Musical no Politeama e visita guiada aos Jardins da Gulbenkian

Após o sucesso de “Espero por Ti no Politeama”, Filipe La Féria prepara um grande Musical de sucesso internacional, da Broadway para Lisboa, “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”.

“Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos” é uma comédia alucinante em que o labirinto de paixões Almodovarianas provoca as mais hilariantes situações na atmosfera de Madrid dos anos 80.

– Dia 4 de junho de 2022

– 08h30 saída São João Baptista

– 11h30 visita guiada Jardins da Gulbenkian

– 13h00 almoço livre

– 17h00 – Comédia Musical no Politeama – MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS

– 19h00 -regresso a Coimbra

Preço: 55.00€

Inscrições na secretaria de SJBaptista

Mais informações: Manuela Afonso ( 912 395 972 )

Rifas

O sorteio será dentro de 15 dias e era bom que pudéssemos entregar o quanto antes na secretaria os canhotos dos molhos de rifas que fomos levando.

Almoço Solidário

Estava previsto que poderia ser em duas modalidades: presencialmente, na igreja/espaço multi-usos de São João Baptista, ou em modo takeaway.

Embora a grande maioria das pessoas tenha optado pela modalidade takeaway, ainda assim já se conseguiram preencher umas sete ou oito mesas (já não recordo bem e esqueci-me de tirar fotos…) com um pouco menos de 10 pessoas por mesa.

Claro que ainda estamos muito longe da lotação que conseguíamos alcançar nos tempos da pré-pandemia – mas é caminhando que se faz caminho e agora não há que olhar para o leite derramado.

Estes almoços ou jantares são muito importantes no que respeita às oportunidades de evangelização que nos proporcionam: dias antes tínhamos feito o jantar de aniversário do Pe Francisco, com quase três vezes mais pessoas (o preço também era praticamente um terço deste almoço solidário e as crianças não pagavam…), e eu conhecia praticamente toda a gente (só me recordo de ter perguntado o nome a um casal que nem sequer pertence à nossa Unidade Pastoral mas a uma antiga paróquia do Pe Francisco, a Carapinheira); neste almoço era muito menos gente, estava circunscrito à minha paróquia, mas eu não conhecia perto de um terço das pessoas – é que é gente que está disposta a deixar-se convidar para um almoço na Igreja, ainda que seja de angariação de fundos e que o preço seja puxadito, mas que não frequenta habitualmente a Igreja.

Segundo a equipa organizadora, ao todo foram servidos 139 almoços.

Viagem à Terra Santa

Já não há mais que uma dezena de vagas para esta peregrinação à Terra Santa que contará com a presença e acompanhamento do Sr Bispo.

Todas as informações continuam disponíveis no site da paróquia – para mais informações e inscrições, deverá contactar a secretaria presencialmente, por email ou via telefónica ( 239 405 706 ).

Colabore na campanha de rifas

Segundo o que o Pe Jorge explicou no final da missa dominical, a ideia é permitir àqueles que habitualmente não vêm à eucaristia poderem também eles participar neste grande projeto que se iniciará com a construção do Centro Comunitário e que um dia terminará com a construção da igreja.

As rifas estão prontas – agora há que vendê-las.

Podemos contar com a sua colaboração?

Almoço solidário

Recordamos que continuam abertas as inscrições para este evento de dia 6 de março para angariar fundos para a construção do Centro Pastoral/Comunitário de SJBaptista.

Pode optar pela modalidade presencial ou Takeaway e há ainda duas possibilidades na ementa: bacalhau espiritual ou rojões com castanhas, pudim ou salada de frutas. Em Takeaway – 12,5€, na modalidade presencial 14€.

São João Baptista propõe almoço solidário

O almoço será dia 6 de março, com o intuito de angariar fundos para a construção do Centro Pastoral/Comunitário de SJBaptista.

Será possível participar na modalidade presencial ou Takeaway e há duas possibilidades na ementa: bacalhau espiritual ou rojões com castanhas, pudim ou salada de frutas.

Na modalidade Takeaway é pedida uma participação de 12,5€, na modalidade presencial 14€.

SJBaptista propõe peregrinação a Medjugorje com visita à Croácia e Eslovénia

A peregrinação contará com o acompanhamento espiritual do Pe Jorge Santos.

1º DIA (26-08-2022) – COIMBRA/ LISBOA/ ZAGREB / LJUBLJANA
Em hora e de local a determinar, partida em direcção ao aeroporto de Lisboa. Assistência nas formalidades de embarque e saída com destino a Zagreb via uma cidade europeia. Chegada a Zagreb. Almoço. Partida em para Ljubliana. Visita da cidade, capital da Eslovénia, onde predominam o barroco e a art nouveau. Durante a visita pedonal destaca-se a Praça da cidade, com a sua famosa fonte “Three Carniolan Rivers” escultura feita por Francesco Robba em 1715, a Porta da Cidade, o mercado típico, a Ponte Tromostovje, o Parlamento, a Opera e o Museu Nacional entre outros. Instalação e jantar no hotel.

2º DIA (27-08-2022) – LJUBLIANA / POSTOJNA / ZADAR
Pequeno-almoço no hotel. Saída para Postojna conhecida mundialmente pelas suas famosas grutas com cerca de 20km de comprimento. Consideradas pelo grande escultor inglês Henry Moore como a maior exposição de esculturas feitas pela mãe natureza, albergam o maior animal vertebrado vulgarmente chamado “homem peixe”. Digna de registo é a extraordinária sala de concertos com capacidade para 10.000 pessoas. Partida para Zadar. Jantar e Alojamento no hotel.

3º DIA (28-08-2022) – ZADAR / TROGIR / DUBROVNIK
Pequeno-almoço no hotel. Visita ao centro histórico com especial destaque para a Catedral de Sta. Anastácia construída no século IX e a Igreja de S. Donato, um dos mais importantes exemplos da arquitectura bizantina da região da Dalmásia. Almoço. Continuação para Trogir e visita desta cidade, uma das mais apreciadas a nível Europeu, rica em casas góticas e palácios renascentistas. Prosseguimento para Dubrovnik. Jantar e alojamento no hotel.

4º DIA (29-08-2022) – DUBROVNIK / MEDJUGORJE
Pequeno-almoço no hotel. Visita da cidade de Dubrovnik, classificada pela UNESCO como Património da Humanidade, circundada por 1940 metros de muralhas. Visita do convento Dominicano Bijeli Fratri e da Praça Stardun, rodeada por elegantes palácios. Visita de Prijeko e Ulica consideradas das principais ruas da cidade moderna. Visita das Praças do Mercado e Loggia, onde se encontra o Palácio Sponza, a Torre do Relógio, o Palácio do Gran Consílio e a Igreja Barroca de S. Vlaho, pratono da cidade. Visita do Palácio Rettore e da Igreja de Velika Gospa. Almoço durante as visitas. Continuação para Medugorje, famosa pelo Santuário da Rainha da Paz onde a 25 de Junho de 1981 Nossa Senhora apareceu pela primeira vez a seis jovens. Jantar e alojamento no hotel.

5º DIA (30-08-2022) – MEDJUGORJE/ MOSTAR/SPLIT
Pequeno-almoço no hotel. Saída para Mostar. Visita guiada da cidade, uma cidade cheia de contrastes onde ainda são visíveis sinais da guerra. Visita da cidade com destaque para a Ponte Velha, chamada de Stari Most, um arco em pedra que é Património Mundial da Unesco. Almoço. Continuação para Split. Jantar e alojamento.

6º DIA (31-08-2022) – SPLIT /PLITVICE /ZAGREB
Pequeno-almoço no hotel. Visita de Split, cidade mais importante da Dalmácia Central. Destaque para o seu magnífico centro histórico com o palácio Diocleziano, a Catedral de S. Duje, o Templo de Júpiter e o Palácio Papalic; passeio pala Praça do Povo, o verdadeiro centro da cidade onde se encontra a Igreja de S. Domingos, e o pitoresco mercado. Almoço. Saída para o Parque Nacional e lagos de Plitvice, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, este parque contem no interior da sua floresta inúmeros lagos e cascatas proporcionando uma paisagem inesquecível. Continuação da viagem para Zagreb. Jantar e alojamento no hotel.

7º DIA (01-09-2022) – ZAGREB / LISBOA / COIMBRA
Pequeno-almoço no hotel. Visita panorâmica de Zagreb, a Capital da Croácia. Passagem pela Catedral de Santo Estêvão e pelos principais monumentos dos seus bairros históricos. Em hora a determinar, saída para o aeroporto de Zagreb. Assistência nas formalidades de embarque e regresso a Lisboa via uma cidade europeia.

Almoço solidário em modo Takeaway

Tal como já havíamos referido, ainda se tentou que este almoço, que tradicionalmente se faz em SJBaptista por alturas do São Martinho, decorresse numa modalidade mista – presencial e takeaway – mas ainda não foi desta.

Ficámo-nos, ainda desta vez, pelo takeaway. Apesar de o preço ser relativamente puxado – era um almoço solidário com o intuito de angariar fundos para a construção do Centro Comunitário/Pastoral – ainda conseguimos 130 inscrições: a nossa gratidão a todos quantos participaram tão generosamente.

SJBaptista reuniu-se em Assembleia Paroquial

O assunto central era discutir a construção do Centro Pastoral: como já vimos referindo, há muito tempo que a obra está para arrancar e, pelas mais diversas razões, tem vindo a ser adiada.

Durante muito tempo, até inícios de 2020, o problema era a aprovação do projeto pela Câmara Municipal de Coimbra, que até certo ponto parece ter tido um prazer especial em segurá-lo na gaveta enquanto lhe foi possível.
Ultrapassado este obstáculo, houve um longo e aparentemente penoso período de negociação com a equipa de arquitetos, no sentido de os levar a optar por materiais mais baratos e alterar um ou outro pequeno pormenor no sentido de baixar o custo da obra para a fasquia dos 700.000€ – até porque a espectativa inicial rondava os 600.000€ – uma vez que, entretanto, os melhores palpites apontavam para cima do milhão de euros.

E também este obstáculo foi ultrapassado e o custo da obra relativa à construção do Centro Pastoral baixou para pouco mais de 700.000€.

Entretanto veio a pandemia e o exponencial custo da construção, e o preço voltou a disparar para cima de um milhão de euros.

E foi neste contexto que a Comissão para a Construção se apresentou diante dos paroquianos que aceitaram o desafio de participar nesta assembleia.

Dada a palavra aos participantes, todos tiveram oportunidade de expressar as suas inquietações e expectativas que foram de vária ordem: muitos se referiram ao facto de andarmos há demasiado tempo a angariar fundos sem que se veja obra feita, o que acarreta algum desencanto; outros se referiam a alguns pontos que gostariam de ver acautelados, como a dimensão adequada das salas de catequese, um adequado fundo de maneio para a manutenção do edifício, etc.