Arquivo da categoria Percurso Alpha

Grupo de intercessão pelo Alpha – também online

Pôr um percurso Alpha a funcionar implica alguma logística que é em grande parte simplificada quando ele decorre na modalidade online: não há mesas para pôr, sala para decorar, louça para lavar, equipa de crianças e por vezes bébés, etc.

No entanto, para que o percurso possa dar frutos, há um aspeto que nunca poderá ser descurado, sob pena de o resultado não ser aquele que gostaríamos que fosse: a equipa de oração e intercessão.

Desde logo, assim que se marca a data do serão de apresentação, a equipa reúne-se regularmente para interceder por todos quantos estão a convidar e a ser convidados, pedindo ao Senhor que acompanhe e assista todo o processo com a sua Graça e o seu Espírito Santo.

Depois, em cada sessão, enquanto os convidados ouvem o tema do dia e depois se encontram em grupos de 6 a 12 pessoas para falarem acerca disso, há sempre um grupo de irmãos da equipa que permanece diante do Senhor, em adoração, mais uma vez a interceder por todos aqueles que estão a fazer o percurso.

No caso do percurso Alpha de SJBaptista, na passada semana estiveram o Senhor, a Ana Dioniz e a Ana Faustino: a elas, a nossa gratidão por este tão belo serviço que prestam à nossa comunidade paroquial.

Alpha adolescentes arrancou em SJBaptista

Com cerca de 30 participantes e na expectativa de chegar aos 40, arrancou no passado sábado um percurso Alpha para adolescentes em SJBaptista.

Já não é a primeira vez: há talvez uns quatro ou cinco anos já se tinha feito um destinado aos adolescentes que na altura estavam algures entre o sétimo e o nono ano de escolaridade. Entretanto, começamos na paróquia a dinâmica e metodologia do Say Yes e, este ano, no início do ano pastoral e durante o primeiro período escolar, voltou-se a achar pertinente apostar no Alpha com o intuito de provocar neles um encontro pessoal com Cristo.

Rezemos por eles.

Percurso Alpha Jovens está a recrutar

A equipa do Alpha Jovens quer iniciar um novo percurso, ainda online, na próxima segunda-feira, dia 18 de outubro.

O target deles são os adolescentes do ensino secundário e os jovens universitários: oxalá consigam chegar a muitos.

Não estás sozinho nesta jornada! Liga-te e vem conversar com pessoas que têm as mesmas questões do que tu. 💻📲

Se tens entre os 16-20 anos, fica em casa, no conforto do teu sofá, traz as tuas próprias perguntas e junta-te a nós para o Alpha Jovens Online de São José e São João Baptista, que começa a 18 de outubro, no zoom.

Esperamos por ti! 🗓🙏

Percurso Alpha adultos arrancou em ambas as paróquias

Haveria uns 70 convidados no percurso a cargo da equipa de SJBaptista e um pouco menos no de SJosé.

Ainda não é o percurso Alpha propriamente dito: esse arrancará dia quinze de outubro em SJBaptista e a vinte e dois em SJosé. Na passada sexta-feira era o serão de apresentação, o chamado “Vinde e vede”.

Nas nossas paróquias o Alpha é um dos pilares fundamentais do crescimento também em número das nossas comunidades paroquiais. O outro pilar fundamental são as Células Paroquiais de Evangelização.

Aos convidados que aceitaram o convite para este desafio de ao longo de dez semanas se colocarem questões sobre Deus, a Igreja e a vida em geral, desejamos que tenham um bom percurso; às equipas de SJBaptista e SJosé, a nossa gratidão pelo serviço que prestam à Igreja e às nossas comunidades em particular.

A foto, é uma montagem que andou a circular pelo WhatsApp, feita por um dos membros da equipa, e corresponde aos “quadradinhos” de SJBaptista.

Alpha também para os mais novos

A paróquia SJBaptista irá começar a catequese dos adolescentes com um percurso Alpha para estas idades para os levar a fazer uma experiência mais tocante do encontro com Deus que, por enquanto, parece faltar.

Em Janeiro recomeçarão os encontros normais do SayYes, depois do percurso Alpha. O link para o formulário de inscrições está em https://linktr.ee/sjbaptista – destinam-se sobretudo a membros das catequeses, porém outros adolescentes nestas idades poderão ser aceites.

O P. Fernando acompanhará a equipa responsável do percurso e estará presente, sempre que possível, nas sessões.

Dia 18 de outubro, terá início um percurso Alpha para Jovens que deverá ser acompanhado pelo Pe Francisco: quando tivermos mais detalhes, daremos aqui conta deles.

Visita da paróquia de Monserate a SJBaptista

No passado sábado, dia 25 de setembro, recebemos em SJBaptista uma delegação da Paróquia de Monserrate, de Viana do Castelo, que nos quiseram visitar para saber mais das Células e do Percurso Alpha.

É já uma paróquia animada e entusiasmada com a dinâmica da catequese familiar, que em SJBaptista se vem já praticando desde o seu surgimento, em 2009, e em SJosé paulatinamente desde há 3 anos a esta parte.

Sabendo o seu pároco, o Pe Vasco Gonçalves, que as nossas paróquias para além da catequese familiar apostam também estruturalmente em frequentes e sucessivos percursos Alpha e nas Células Paroquiais de Evangelização, entendeu por bem reunir uma delegação de elementos da sua paróquia – uma religiosa e alguns leigos – e rumar até Coimbra para ouvir in loco o testemunho de irmãos que em SJBaptista lideram o Alpha e as Células Paroquiais de Evangelização.

Foi uma troca de experiências que terá sido muito frutífera e mutuamente enriquecedora, pelo que não é descabido que se repita e incentive no futuro. Recordamos que ainda há uns 5 anos foi uma delegação da nossa paróquia de SJBaptista até Leiria para ouvir o testemunho de uma equipa que tinha liderado a construção de uma igreja e salão paroquial numa localidade da periferia daquela cidade – e foi na sequência dessa “visita de estudo” que surgiram muitas iniciativas que nos têm permitido vir a angariar fundos de forma sustentável para a eminente construção do tão almejado centro pastoral.

A 8 de outubro, arrancam 2 percursos Alpha

E ao que parece, terão mesmo de ser online.

Ainda pairava no ar alguma esperança de que neste outono já pudessem ser presenciais mas, pesados os prós e os contras, tudo indica que teremos que cingir-nos à vertente online da coisa e que as paróquias terão mesmo que renovar as suas licenças do Zoom.

Por um lado, há alguma unanimidade no facto de que não é a mesma coisa: a Igreja é entre muitas outras coisas Palavra de Deus, comunhão do mesmo Pão eucarístico, mas também é assembleia reunida de fiéis num mesmo corpo cuja cabeça é Cristo. E se essa assembleia se puder reunir semanalmente e fisicamente à volta da mesma mesa, tanto melhor.

Pois parte da ementa do Alpha é isso mesmo: comunhão fraterna à volta de uma mesa com entre 8 e 12 convivas que falam um pouco de tudo, partilham ansiedades e consolos, questões e respostas. Mas por enquanto ainda terá que ficar para a próxima.

Assim, dia 8 de outubro, online, terão início dois percursos Alpha na nossa unidade pastoral: um animado pela equipa de SJBaptista e outro pela de SJosé.

Inscreva-se para ser contactado(a) por um membro da equipa em https://forms.gle/5wiSTD5iuM2HmK1P6

Cultura do Convite

Tudo começou em 20 de Setembro de 2019, depois de um dia particularmente difícil. Sou de Barcelos, à data tinha 58 anos, e estava a iniciar o 3.° ano de doutoramento em Engenharia Química na Universidade de Coimbra. Era sexta-feira. Depois de jantar resolvi ir até à sala de estudo do Polo 2, ouvir palestras que me ajudam a ficar menos triste. Encontrei por acaso a Graça Ferreira, a dona da casa onde moro cá em Coimbra, que me falou no percurso Alpha. Nesse momento estava a decorrer uma sessão de apresentação na paróquia de S. João Baptista, igreja que eu já frequentava para assistir à Eucaristia dominical, e onde me sentia tão bem! De mochila às costas, imediatamente resolvi ir.

Fiquei aturdida quando vi a Ana Paula Cunha, a filha da minha Professora primária, que já não via há mais de 45 anos. Após a surpresa do reencontro, a atmosfera contagiante de alegria e de fé impeliram-me a inscrever-me de imediato. Infelizmente, a obrigatoriedade do meu trabalho experimental, a decorrer quer na Universidade de Coimbra, quer na Universidade do Minho, em Guimarães, fez com que falhasse algumas das sessões (entre as quais o fim-de-semana Alpha). Em Fevereiro de 2021, durante o surto pandémico COVID-19, a Ana Paula Cunha convenceu-me a fazer de novo o percurso, que seria online, o formato ideal para as minhas contingências de trabalho.

Fazer o percurso Alpha foi uma das vantagens desta pandemia. O meu testemunho numa palavra?

Sublime. Foi a maravilhosa perceção do quanto Deus nos ama; do poder incomensurável da oração e de como rezar pode ser inebriante; aprendi que a verdadeira grandeza está no serviço aos outros; aprendi que a vida pode ser vivida com mais alegria e maior serenidade, uma sensação inexplicável que nada nem ninguém nos pode tirar.

As minhas experiências de vida tinham-me já ensinado os benefícios de ser perseverante. Posso com alguma autoridade afirmar que o percurso Alpha complementou essa virtude, nomeadamente o aceitar de tudo o que se nos depara na vida. Contudo, essa aceitação não significa de todo conformismo, já que o foco nos objetivos a que nos havíamos proposto, permanece. Esta vivência fez-me perceber, ainda melhor, o dito do sábio indiano Nisargadatta Maharaj:” In my world, nothing ever goes wrong”.

Dou graças a Deus pelos meandros tão inconstantes da minha vida, que sem que conscientemente fizesse algo para isso, se cruzaram com a fervilhante Paróquia de S. João Baptista, onde eu sei que agora tenho verdadeiros amigos.

Teresa Linhares

Cultura do Convite – Sandra Ventura

O meu Percurso Alpha começou no meio de uma conversa de amigas. A Celina e eu somos amigas há muitos anos e de vez em quando combinamos um café para pôr a conversa em dia.

A Celina estava a frequentar o Alpha e explicou-me no que consistia e eu fiquei interessada – quando surgiu este Percurso ela deu logo o meu contacto.

Fui católica praticante (não sei se este é o termo mais correcto) até aos meus 20 anos. Ia à missa todos os domingos e fiz a minha formação na catequese até ao Crisma.

Depois veio o ensino superior (longe de casa)… e fui-me afastando presencialmente… mas nunca na minha fé… casamento, filhos e depois as atividades físicas – natação de competição dos dois com treinos diários e bi-diários e provas de fim de semana completos, enfim… uma canseira com muita compensação de os ver crescer como seres humanos, com vitórias, pódios, mas também momentos de frustração e algumas lágrimas.

Mas, ao mesmo tempo, comecei a sentir um vazio por dentro, sentir que algo me faltava e foi aí que surgiu esta conversa de amigas. Nada acontece por acaso e sinto que Deus tem estado sempre presente para me mostrar o caminho. Se calhar já teria mostrado antes e eu não vi?? Não sei.

Todas as sessões tiveram como base uma questão, que num ou outro momento da minha vida já me tinha colocado. Num entanto, acho que aprendemos muito mais quando podemos trocar ideias com outras pessoas, o chamado “brainstorming”, que é isso mesmo: uma tempestade de ideias/opiniões na nossa cabeça. Gostei particularmente da sensação de poder dar a minha opinião sem me sentir julgada/ criticada, o que nos dias que correm não é fácil.

Senti também que “alarguei horizontes” no meu pensamento, a minha perspetiva, o meu conhecimento sobre estas questões. Os filmes são fantásticos e ao assistir a eles começava logo a pensar, a tomar notas sobre aspetos dos quais queria falar nas nossas conversas.

Em algumas sessões ficaram palavras por dizer, pois todas as pessoas tinham de falar. Segundo a opinião dos meus filhos “Mãe, tu falas muito” ?

Pois: e às vezes também escrevo muito…

Resta-me agradecer-vos mais uma vez por esta oportunidade de crescimento na minha fé e como pessoa.

Bem-haja a todos vós e que Deus esteja convosco.

Sandra Ventura

Cultura do convite – O percurso Alpha

A (minha) Francisca Eiriz vê corações, e vê o meu. Sabia que Ele existia nele, entre os meus silêncios, nas palavras escritas, nas lágrimas derramadas, e nos sorrisos de esperança. Com a mensagem “é agora”, o convite chegou (uma vez mais) para embarcar no percurso Alpha. Com um percurso muito meu na fé, as reticências de quem não sabia o que ali poderia encontrar estavam presentes. Confiei. Confiei uma vez mais na “voz que não se impõe” e que “ouvia a segredar”. As noites de partilha, o coração quente e a transbordar, a generosidade de todos na mesa, a força transformadora da comunidade, o encontro com Ele. Cada palavra e momento partilhado pelos que comigo fizeram este caminho comigo, tornaram não só o percurso mais rico, como me tocaram, me revelaram o dom da amizade, da verdade, da vida. Tudo isto, e tanto mais fizeram parte de uma profunda experiência, transformadora e que me fizeram ouvir novamente a sua voz, e em avançar com Ele, que comigo sempre está. Com a paz no coração, que este percurso muito meu na fé, é assim mesmo, nosso. O Alpha foi e é ponte, abraço, comunhão com Ele.

Rita de Almeida Neves